Saúde

10 alimentos que você não deve ingerir a noite, se quiser conciliar o sono

Você tem insônia? Muitas pessoas não sabem que alguns dos alimentos que são consumidos durante a ceia, ou momentos antes de ir para a cama são potenciais ladrões do sono.

Abaixo estão os detalhes dos 10 alimentos mais comuns que dificultam o descanso noturno para que você tente consumi-los em outros horários. Siga lendo!

A dificuldade para dormir, as interrupções durante a noite e outras doenças podem ser o resultado de uma dieta com ingredientes que interferem no descanso. E é que, embora isso geralmente é ignorar, os hábitos de alimentação e a qualidade do sono tem uma relação mais forte do que pensamos.

Neste sentido, é bom começar a descobrir esses alimentos não devem ser ingeridos à noite. Devemos saber que podem causar dificuldades para dormir.

1. O aipo

Palitos de cenoura

Esta verdura é muito baixa em calorias e é recomendado como apoio para a dieta com fins de emagrecimento. No entanto, sua ingestão em horário noturno não é recomendada, já que seu poder diurético aumenta a vontade de urinar no meio da noite.

Algo semelhante acontece com outros alimentos ricos em água. Por exemplo, com o pepino, a melancia ou os rabanetes, entre outros. Portanto, evite-os para o jantar.

2. Tomates

Está claro que este é um vegetal que não pode faltar na dieta e está carregado com nutrientes bons para a saúde. Por exemplo, o seu conteúdo em licopenos é uma dose importante de antioxidantes.

O problema de comer, antes de dormir, é que contêm um aminoácido essencial chamado tiramina. Esta induz o cérebro a liberar norepinefrina, um estimulante que atrasa o sono ao aumentar a atividade cerebral.

Leia também:  10 alimentos proibidos se quer regular sua glicose

3. Chocolate amargo

 

Você é um amante do chocolate amargo? Uma quantidade moderada de este alimento todos os dias tem efeitos positivos sobre a saúde cardíaca e cerebral.

No entanto, só deve comer durante o dia, já que durante a noite pode se tornar uma forte influência das dificuldades para dormir. Este contém cafeína e tirosina, duas substâncias estimulantes, que aumentam a atividade mental e o estado de alerta do cérebro.

4. As especiarias picantes

Você utiliza especiarias picantes como tempero? Incluir estas especiarias para a hora do jantar é uma péssima escolha quando se têm contínuos problemas de sono.

Este tipo de alimentos aumenta o refluxo gástrico e faz com que os processos digestivos sejam mais difíceis. Como consequência aumenta a sensação de ardência e dor e, portanto, o corpo não consegue descansar.

5. Feijão

 

Um bom prato de feijão contém nutrientes essenciais que fornecem energia e melhoram nosso estado de espírito. Não obstante, trata-se de um alimento difícil de digerir que pode ser desastroso quando tomado nas horas anteriores para dormir.

Seu consumo aumenta os gases intestinais e essa incomoda inflamação que faz sentir o ventre pesado. No entanto, você pode consumi-los em pequenas quantidades triturados em um purê.

6. Doces

Os doces e outros tipos de doces elevam os níveis de açúcar no sangue. Por este motivo, aumentam de forma considerável o risco de diabetes.

Embora, a princípio, parece que provocam sensação de sonho, o certo é que causam alterações nos níveis de insulina. Assim, impedem que se dê um sono tranquilo e sem interrupções.

7. Carnes

 

Essa suculenta fatia grossa de bife ou carne que tanto você gosta deve ser consumida apenas durante o almoço. Isto se deve a que o corpo demora a processar os alimentos com alto teor de proteínas e gorduras, o que pode gerar uma noite inquieta.

Leia também:  10 deficiências de vitaminas comuns e sua solução

No jantar, é recomendável que você escolha a melhor proteína mais suaves, como o peixe ou o ovo. Também podemos consumir carnes magras em quantidades moderadas.

8. Brócolis

O brócolis e outros vegetais crucíferos são muito nutritivos. Não obstante, o organismo demora algum tempo para digerir a sua fibra dietética.

Portanto, consumi-los no jantar faz com que o corpo leva mais tempo para fazer a digestão e presente dificuldades que impedem o bom descanso. Deixe-os para o almoço melhor.

9. Queijo

Variedade de queijos

A pizza, a lasanha e outras receitas, com um alto teor de queijo são impróprios para as horas noturnas pelos efeitos que provocam no corpo. Em vez disso, é conveniente ingerir leite ou iogurte, que por sua ingestão de cálcio reduzem o stress e promovem o sono.

O queijo é uma fonte de tiramina. Este aminoácido diminui a sensação de sono e aumenta a dor de cabeça.

10. Bebidas gasosas

Por último, os refrescos e refrigerantes contêm cafeína. Este é um dos estimulantes mais utilizados para prolongar a atividade mental.

Também são uma fonte de açúcares refinados, que elevam os níveis de açúcar no sangue. Além disso, produzem um descontrole nas funções metabólicas.

Para concluir, vale lembrar que o ideal é ingerir uma refeição ligeira, pelo menos, duas ou três horas antes de irdormir. Por qualquer razão, você deve pular o jantar, já que a fome noturno pode atacar e influenciar no aumento de peso.

5 alimentos depurativos que você deve incluir em seus jantares

Deixe uma resposta