Saúde Bem estar

10 alimentos que você pode comer em momentos de muito estresse

O estresse físico e emocional causa uma reação no organismo , o que aumenta a adrenalina, entre outras substâncias. Este hormônio, por sua vez, pode causar certas respostas hormonais e nervosas para empreender a fuga da situação que o faz.

Embora se trate de um instinto básico do ser humano, de forma constante pode causar problemas graves de saúde. Por isso, hoje vamos apresentar 10 alimentos que podem ajudar em sua luta contra o estresse.

Além disso, estes podem ser um complemento ideal se você está recebendo ajuda profissional.

Este estado emocional costuma ter sua origem em momentos de depressão ou angústia, entre outros. Também pode ocorrer como resposta a várias condições físicas que exigem mais cuidado.

A princípio, pode-se perceber a atitude e a dificuldade para concentrar-se, entre outros sintomas. No entanto, mais tarde pode provocar fortes dores de cabeça, perda de energia e até mesmo problemas digestivos.

Por isso, é essencial controlá-lo perante os primeiros sinais. Isso pode ser feito através de técnicas de relaxamento e do consumo de alguns alimentos que favorecem a sua redução.

Com tudo, tenha em conta que estes métodos só te ajudarão em casos pontuais e leves. Se você sofre de estresse crônico, deve recorrer a um especialista para receber o tratamento adequado.

Nesta ocasião, queremos divulgar uma lista de 10 ingredientes. Estes, por sua composição química, podem ajudar a aumentar os níveis das substâncias responsáveis pelo bem-estar. ¡Ouvidas.

1. Aspargos

espargos verdes

Este vegetal contém um aporte significativo de ácido fólico. Este nutriente interfere no desenvolvimento do sistema nervoso.

Além disso, sua deficiência pode favorecer o aparecimento de doenças como o estresse ou a depressão. Por isso, é um alimento recomendado.

Leia também:  10 coisas que os cães podem nos ensinar sobre a vida

Além disso, são uma fonte natural de fibras e vitaminas do complexo B. Todos estes nutrientes nos ajudam a ficar mais forte e vencer o cansaço. Isso, por sua vez, pode nos ajudar na luta contra o estresse.

Os espargos são perfeitos para desfrutar em saladas ou cozido.

2. Leite quente

O consumo de leite quente e tem um efeito calmante. Isso se deve ao seu conteúdo em triptofano, uma proteína que participa da produção de serotonina. Assim, pode nos ajudar a controlar a ansiedade e o estresse.

Além disso, contém fosfolipídios. Estes podem atuar de forma positiva no humor, já que participam do sistema nervoso. Por isso, é fundamental contar com um aporte necessário de este lípido, entre outros nutrientes, para que o nosso sistema nervoso esteja saudável.

3. Laranja

Esta fruta cítrica é valorizado por sua contribuição significativa de vitamina C. Esse nutriente é um antioxidante que fortalece as defesas do corpo e combate os radicais livres.

O que poucos sabem é que também está relacionada com os processos de síntese de adrenalina. Além disso, de acordo com alguns estudos, esta pode ajudar a diminuir os níveis de cortisol.

Este hormônio é conhecida como o “hormônio do estresse”, pelo que a sua redução pode favorecer o alívio da tensão física e mental.

4. Aveia

Aveia

A aveia é caracterizada por carboidratos complexos. Estes são necessários para energizar o corpo. Além disso, pode ajudar a manter estáveis os níveis de serotonina.

Isto se deve a que os hidratos de carbono complexos favorecem a produção de triptofano. Este é um aminoácido essencial, a partir do qual se produz a serotonina.

Além disso, esse hormônio está relacionado com a sensação de bem-estar, alegria e relaxamento.

Embora a maioria dos hidratos de carbono têm efeitos semelhantes, neste caso, são mais saudáveis porque demoram mais a digerir. Por conseguinte, os seus efeitos podem ser mais duradouros.

Leia também:  10 dados curiosos do corpo feminino que nem as mulheres conhecem

5. Vinho tinto

Uma taça de vinho tinto pode ter maravilhosos benefícios, devido ao seu teor de resveratrol. Esta é uma substância antioxidante que se encontra na pele das uvas vermelhas. Graças às suas propriedades, pode ajudar a reduzir os danos causados pelos radicais livres.

Ingerido de forma moderada pode ser um apoio para melhorar a pressão arterial e estimular a circulação sanguínea.

Assim, pode nos ajudar a reduzir os sintomas causados pelo estresse, a ansiedade e a depressão, como os problemas digestivos ou dores de cabeça.

Se não gosto do vinho ou não queremos consumir álcool, também podemos consumir uvas vermelhas. Estas têm efeitos semelhantes.

6. Nozes

Este delicioso fruto seco tem compostos anti-inflamatórios e tranquilizantes. Assim, pode ajudar a diminuir a tensão causada pelo stress e irritabilidade.

Além disso, graças aos seus ácidos graxos e proteínas, como o Omega-3, favorecem o alívio dos sintomas no sistema nervoso e os músculos.

Desta forma, não vai curar o stress, milagrosamente, mas podem nos ajudar a combater os sintomas.

7. Abacate

Abacate

Também conhecido como abacate, é um dos frutos mais saudáveis que podem ser ingeridos como parte da dieta.

Contém ácidos graxos essenciais, proteínas e compostos antioxidantes, como as vitaminas do complexo B e e. Estes podem ajudar a promover a saúde geral do corpo.

Isso pode nos ajudar a estar mais fortes, não só para lutar contra os sintomas físicos do stress, mas os mentais.

Isso sim, não se recomenda a ingestão de mais de uma peça por dia, pois contém muitas calorias.

8. Limão

Um alimento benéfico na dieta contra o estresse é o limão. Contém vitamina C, essencial para desintoxicar o fígado e o sistema digestivo.

Por outro lado, esta vitamina favorece a síntese de serotonina, um dos “hormônios da felicidade”.

Leia também:  10 dicas para desintoxicar o sistema linfático

9. Vegetais de folhas verdes

Mais uma vez, recomendamos o consumo de vegetais ricos em clorofila para melhorar a saúde.

Neste caso, são bastante adequadas, pois ajudam a aliviar a dor e criar uma sensação de calma. Assim, favorecem a redução da tensão física e mental.

Por outro lado, a clorofila contém magnésio, um mineral cuja deficiência pode favorecer o aparecimento de estresse.

10. Sementes de girassol

 

Estas deliciosas sementes, que se podem incluir em saladas, contêm cálcio e magnésio. O primeiro, como vimos, é recomendável que a luta contra o stress, já que sua deficiência pode favorecer o seu aparecimento.

Por sua parte, o cálcio participa da transmissão de impulsos para o sistema nervoso.

Além disso, está provado que são uma fonte de antioxidantes, especialmente a vitamina E. Esta está associada com a prevenção do envelhecimento precoce.

Agora que você já conhece estes 10 alimentos, não hesite em incluí-los em sua dieta. Seu consumo regular pode ajudar a manter o estresse longe. Isso sim, devemos cuidar sempre, também a nível mental.

Não obstante, não se tratam de remédios poderosos para controlá-lo por completo quando já se está sofrendo.

Se você já é tarde demais para impedi-lo, você pode preparar uma infusão calmante. Também pode tentar colocar em prática alguma técnica de meditação.

Com tudo, em casos graves ou crônicos, o melhor é sempre ir a um especialista. Este saberá qual é o tratamento que melhor nos convém.

 

Deixe uma resposta