Beleza

10 alimentos ricos em selênio para rejuvenescer naturalmente

O selênio é um mineral com um alto poder antioxidante. Esta virtude nos ajuda a prevenir o envelhecimento causados pelos radicais livres, tanto a nível externo como interno.

Neste artigo damos a conhecer 10 alimentos de origem vegetal ricos em selênio e que você pode incluir em sua dieta, não apenas por suas propriedades, mas porque eles são muito baratos.

Selênio para retardar o envelhecimento

Entre os diversos benefícios do selênio, destacam-se:

  • O selênio ajuda a combater os radicais livres que nos fazem envelhecer.
  • Favorece a correta metabolização das gorduras.
  • Estimula e ajuda o sistema imunitário.

A falta do selênio pode causar um envelhecimento precoce, bem como uma predisposição a sofrer de doenças cardíacas ou relacionados com a glândula da tireoide, entre outras.

Não obstante, não podemos abusar deste mineral, já que poderia provoca-nos alguns problemas de saúde. Na hora de incluí-los em sua dieta, você pode consultar seu nutricionista ou seu médico de referência.

Leia também: 7 dicas para ativar naturalmente a tireoide enfraquecida

Os alimentos mais ricos em selênio

1. Castanha-do-Brasil

A maneira mais simples de se obter a quantidade certa de selênio que precisamos a cada dia consiste em comer duas ou três castanhas-do-pará.

Conhecidas também como castanhas do Pará ou coquitos, sãoo alimento mais rico neste elemento. Isso sim, não devemos ultrapassar esta quantidade diária.

2. Aveia

Este cereal é um dos mais nutritivos, já que é rico em vitaminas, além de elementos como o selénio, potássio, zinco ou magnésio.

Leia também:  De seco a molhado, veja o que eles fizeram com elas

Além disso, a aveia contém uma boa quantidade de fibras, o que favorece o trânsito intestinal. Você pode consumi-la cozida com leite, bebida vegetal ou em sopas e caldos.

3. Nozes

As nozes são um alimento antioxidante, graças ao seu conteúdo em selênio, vitamina E e vitamina C, três componentes essenciais para nos sentirmos bem.

Além disso, outros de seus nutrientes, como as vitaminas do grupo B, zinco ou os ácidos gordos essenciais,ajudam-nos a melhorar a saúde e a aparência de nossa pele e cabelo.

4. Sementes ou sementes de abóbora

As sementes de abóbora não podem faltar na nossa dieta, já que nos permitem enriquecer qualquer salada, creme, arroz ou massa

São ricas em ácidos gordos essenciais, vitaminas do grupo B, selênio e zinco. Também podemos consumi-las em forma de óleo de extração a frio. Se as áreas torradas, tome cuidado com as que levam sal adicionado,normalmente exceder a quantidade diária recomendada.

5. Cogumelos

Uma porção de cerca de 100 gramas de cogumelos contêm 15% da quantidade diária recomendada de selênio. Isso os torna um alimento imprescindível para obter uma boa dose deste mineral.

Os cogumelos são, em geral, ricas em proteínas e baixas em gordura, por isso eles são um ingrediente muito saudável para as nossas receitas habituais.

Visite também: Aprenda a cultivar cogumelos em casa

6. Feijão

Os feijões são excelentes para a saúde, já que são legumes (vagem) e legumes (semente) de cada vez. São ricas em minerais como o potássio, selênio, magnésio, zinco, manganês e cálcio. Deveríamos consumir legumes, pelo menos, duas ou três vezes por semana, no mínimo.

7. Provocações

A urtiga é uma planta silvestre pouco conhecida na gastronomia. Não obstante, é um alimento que se destaca por seu conteúdo em ferro e selênio, assim como vitaminas A, C e K e cujo consumo é totalmente seguro. Também podemos tomá-la como infusão ou suplemento.

Leia também:  Queda de cabelo - Sintomas e causas

8. Pepino

O pepino é ideal para adicionar em todos os tipos de sucos de legumes, gazpachos e saladas, bem como aperitivo refrescante. Seu altíssimo teor em água, a torna ideal para saciar a sede. Também podemos aplicar a sua casca sobre a pele do rosto para hidratar, dar-lhe firmeza e minimizá-la em caso de queimadura.

9. Alho

Este alimento milenar e medicinal não pode faltar em qualquer dieta saudável por seus benefícios para a saúde. É um potente antioxidante, graças ao seu conteúdo em selênio e alicina. Para que não perca estes efeitos devemos acostumarmo-nos a comê-lo cru ou macerar em óleo.

10. Levedura de cerveja

A levedura de cerveja é um excelente suplemento para ajudar a prevenir doenças. Contém boas quantidades de selênio, zinco, cromo, ferro, magnésio, fósforo e zinco, bem como vitaminas do grupo B. A levedura de cerveja pode ser consumido como tempero, ou em saladas, cremes ou pastas.

A partir de agora, inclui estes 10 alimentos em sua dieta para notar alguns efeitos especiais que lhe ajudarão a sentir-se melhor.

Deixe uma resposta