Saúde Doenças

10 dicas para cuidar do coração

Cuidar do coração não é apenas mais uma “tarefa” de pacientes que foram diagnosticados com algum tipo de doença cardíaca. Na realidade, vem a ser uma questão que diz respeito a toda a pessoa.

Como já disse em outras ocasiões, bons hábitos de vida são a chave para gozar de bem-estar. Por exemplo, se comermos bem, nosso organismo receberá o que você precisa para funcionar corretamente. Isso significa, entre muitas coisas, um coração saudável e forte.

Cuidar do coração em 10 passos

Dentro das principais diretrizes para cuidar do coração e manter uma boa saúde cardíaca, encontramos a redução do consumo de sal e açúcar, tal como o indica a Organização Mundial de Saúde (OMS). Além disso, costuma-se enfatizar a importância de eliminar o consumo de tabaco e álcool.

Outra recomendação que sempre se repete é que exercitar-se com regularidade, já que com estas simples prática evitam-se muitos problemas de saúde, especialmente todos os que têm que ver com este órgão em particular.

1. Diminuir o consumo de sal e de açúcar

Uma das recomendações mais importantes é consumir o mínimo de sal possível, já que o abuso provoca o aumento da pressão arterial. Isto pode causar infartos, já que o sal provoca a perda de elasticidade das artérias, fazendo com que se tornem duras e dificultando o funcionamento normal do coração.

Leia também:  10 dados curiosos do corpo feminino que nem as mulheres conhecem

O consumo exagerado de açúcar também é perigoso, já que o organismo não está capacitado para receber e assimilar os excessos deste produto, por isso a transforma em gordura, causando obesidade.

2. Evitar as gorduras de origem animal

As gorduras são necessárias para o organismo, mas em sua justa medida e escolhendo as que são saudáveis, como por exemplo as de origem vegetal, a gordura que vem dos animais devem ser consumidas com moderação.

O leite e seus derivados —sem descremar—, as gorduras saturadas que contêm os enchidos, molhos e todas as frituras, são em geral as que mais doenças do coração podem causar, por esta razão, é necessário tomar consciência sobre isso e começar a usar as gorduras mais saudáveis.

3. Consumir mais peixe que carne vermelha

 

Para cuidar do coração é aconselhável reduzir o consumo de carne vermelha e, em seu lugar, comer peixe pelo menos 2 ou mais vezes por semana, além do abacate e nozes.

Os ácidos gordos ômega-3 que se encontram em grandes quantidades nos peixes, como o atum, o salmão, a sardinha ou a cavala, entre outros, é muito importante para prevenir as doenças do coração, manter a saúde do sistema cardiovascular e órgãos tão importantes como o cérebro.

4. Preferir os alimentos no vapor, antes que as frituras

Os alimentos que são preparados no vapor, grelhados e assados, são mais saudáveis e nutritivos do que aqueles que se preparam através de frituras ou guisados.

Quando os alimentos, principalmente os vegetais, são preparados no vapor, estes conservam todas as propriedades nutritivas, o sabor e a cor, o que é fundamental para prevenir muitos problemas do sistema cardiovascular.

5. Comer mais legumes e frutas e menos doces

 

Leia também:  Herpes genital - Sintomas e causas

A todas as pessoas, em geral, você nos recomenda o consumo diário de abundantes frutas e verduras, já que são uma grande fonte de fibra, vitaminas e antioxidantes, os quais favorecem o bom funcionamento do coração.

Entre as frutas mais recomendadas temos a maçã, os tomates e bananas, embora, em geral, todas as frutas nos fornecem esses nutrientes em maior ou menor quantidade.

6. Preferir os cereais integrais

Em vez de consumir farinhas refinadas, o mais aconselhável é recorrer aos cereais integrais, já que além de fibra, fornecem outros nutrientes, capazes de oferecer múltiplos para a saúde.

7. Eliminar o tabaco e o álcool

Quanto ao tabaco, os componentes, como a nicotina e o monóxido de carbono pode aumentar perigosamente a freqüência cardíaca, uma vez que diminui a quantidade e a qualidade de oxigênio que vai para todos os sistemas do corpo.

8. Fazer exercício diariamente

A atividade física é uma das melhores formas de cuidar de nosso corpo e favorecer a nossa saúde cardiovascular. Segundo a OMS, é conveniente realizar, pelo menos, meia hora de exercício por dia.

 

Realizar pelo menos 30 minutos ou uma hora de exercício diário é importante para manter a boa saúde do coração e de todo o sistema circulatório.

Entre as atividades que mais se recomendam são: ciclismo, natação, ioga e exercícios aeróbicos. Lembre-se que estes devem ser feitos de forma moderada mas contínua.

10. Manter um controle médico adequado

É importante visitar um especialista pelo menos uma vez por ano, já que é indispensável manter um controle médico para saber o estado em que se encontram todos os sistemas do organismo.

Conclusão

Em suma, para poder cuidar do coração e gozar de bem-estar é fundamental manter hábitos de vida e, em caso de dúvida, consultar o médico.

Leia também:  Candidíase vaginal - Sintomas e causas

7 alimentos que você deve consumir para proteger o seu coração

Deixe uma resposta