Saúde

10 dicas para viver melhor, com saúde e felicidade

Viver melhor não é uma arte, é um exercício para praticar diariamente. Também não depende exclusivamente de nosso estatuto social ou as nossas posses materiais. Tal como nos explica o Dalai Lama. a felicidade não é algo já feito, depende de nossas ações, vai de mão de nossa atitude e faz referência a essa capacidade excepcional na hora de desenvolver uma visão positiva.

Agora bem, como já sabemos, nem sempre é fácil assumir esta abordagem pessoal. A vida é ruidosa, está cheia de pressões, obrigações e adversidades. Como aplicar essa visão tão concreta com a qual, desfrutar de maior bem-estar, saúde e felicidade?

A resposta é simples: com vontade, abertura emocional e com estas dez regras simples. Nós convidamos você para realizá-las a partir de hoje mesmo.

Viver melhor é, antes de tudo, contar com recursos psicológicos mais eficazes para criar uma realidade de acordo com nossas necessidades. Assim, algo que nos sugere, por exemplo, um artigo publicado na Harvard Medical School,é que a felicidade e a saúde estão sempre a mão. É mais, se formos capazes de trabalhar esses aspectos que compõem o bem-estar psicológico, iria reduzir a dor e até mesmo poderia evitar mais de uma doença.

Especialistas no assunto como Martin Seligman, psicólogo da Universidade da Pensilvânia e expoente da psicologia positiva, nos apontam algo muito simples.Viver melhor é aprender a pensar de forma eficaz, é fazer uso de um pensamento mais otimista e é também cuidar de nossas relações sociais.

Sabendo isto, só nos falta detalhar essas 10 chaves que nos ajudam a empreender nesse precisou caminho para o bem-estar.

Mulher feliz com um girassol na cara

1. Defina prioridades, encontre um propósito vital

Às vezes nós nos esforçamos para alcançar o pico em nosso trabalho, por conseguir reconhecimento, admiração…Há quem concentra grande parte de sua vida em aspectos que são importantes, mas não são prioritários. Agora, o que entendemos por prioritário?

  • Entendemos como prioridade aquilo que é importante (e indispensável) para nós, como por exemplo, a família.
  • Por sua vez, tal e como nos salienta o neurologista e psiquiatra Viktor Frankl no seu livro”O homem em busca de sentido”, as pessoas precisamos encontrar um significado para a vida, para alcançar o bem-estar.
  • Além disso, em estudos sobre a felicidade, como o levado a cabo pela doutora Emiliana Simon-Thomas professora e pesquisadora da Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos explica uma coisa muito interessante. A qualidade de vida se relaciona com a capacidade de sentir emoções positivas, de recuperar-se das emoções negativas e ter uma clara ideia, um propósito, uma meta pessoal…
Leia também:  10 alimentos anti-inflamatórios que você deve incluir em sua dieta

2. Evita as relações tóxicas

Não sabe identificar uma relação tóxica? Não falamos apenas do plano afetivo. Às vezes, temos a esse familiar que exige mais de nós do que podemos lhe oferecer. Essa mãe, irmão ou tia que nos manipula e nos faz chantagem emocional.

Pode até ser que você tenha um colega de trabalho ou até mesmo um chefe que seja tóxico. Que se confeccione, que se remova espaço pessoal. Você deve colocar limites.  Admitimos, que o que mais pode vir a nos causar dano é uma relação afetiva tóxica. Não deixe que outra pessoa que diz te amar, vou te machucar.O amor é respeito, felicidade e compreensão. Se você não tem isso, reage.

3. Atitude positiva

As pessoas negativas recebem coisas negativas. As pessoas positivas mantêm a esperança, cultivam o sorriso, e o sentido de humor, confiam em seus semelhantes, e sabem como lidar com a adversidade, com melhores recursos e esperança. Você sabe que é melhor viver com uma sorriso que com o cenho franzido?

E mais, como curiosidade, cabe ter em conta algo surpreendente: a atitude positiva melhoria dos nossos processos cerebrais. Não somos nós que dizemos, mas um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, onde se demonstrou como essa abordagem pessoal ajuda, por exemplo, as crianças render muito melhor nos estudos.

Não nos esqueçamos de que um cérebro feliz é uma mente livre de estresse, hábil na resolução de problemas e mais eficaz na hora de viver melhor.

Mulher feliz andando

4. Aprenda a gerir as suas emoções

Não deixe que a raiva se exceda, que emborre seus dias ou faça perder alguma relação pessoal.Não deixe que a tristeza te envolva em seu manto de tristeza mais tempo do que o necessário. Todos nós passamos por épocas negativas, mas temos de aprender a superá-lo e fazer-nos fortes de nossos fracassos. Aprenda com seus erros, mantenha a calma e o equilíbrio, canaliza sua raiva e gere as suas emoções. As pessoas maduras emocionalmente são mais bem sucedidas em sua vida pessoal e de trabalho.

Leia também:  10 dicas naturais para curar a gastrite aguda

5. Ponha um objetivo a cada dia

Como falamos anteriormente: se lhe damos um significado para a vida e nos colocamos uma meta no horizonte, encontraremos motivação.

Portanto, Que tal se esclarecemos objetivo que queremos alcançar hoje? Não faz falta que seja muito elevado ou pretensioso. A felicidade baseia-se nas coisas simples, assim que algo tão simples como ter uma hora para nós sozinhos é uma grande ideia. Também tomar um café com os amigos, começar um curso, para nos apontar a yoga…

6. Ame sua família e deixe-se amar

Às vezes não temos tempo de abraçar os meninos. De dizer ao seu parceiro que você deseja. Aos seus pais que os ama. Tenta aproveitar cada dia como se fosse o último, demostrares a cara que quiser. Se você der amor, você receberá amor. Não nos esqueçamos que para viver melhor é necessário “pintar” os nossos dias de emoções positivas. O amor é, sem dúvida, o melhor cor, e os teus tela maravilhoso.

Casal abraçado no meio de um parque

7. Cérebro e corpo ativo

Leia, tenha interesse as coisas, aprender novas línguas, inscreva-se para um curso de pintura, dança ou faz o curso que tanto te atrai. O cérebro é como um músculo, ávido de conhecimento, e isso nos ajudará a chegar à velhice com algumas faculdades cognitivas mais fortes e protegidas.

Por outro lado, também não podemos negligenciar algo que nos revelam em um estudo publicado na revista Comprehensive Physiology e levado a cabo no Centro de Investigação de Lesões Cerebrais UCLA, de Los Angeles. A saber, um corpo ativo é sinônimo de um cérebro ativo. Ou seja, o exercício cuida de nossa saúde física, mas também de processos cognitivos como a memória.

Leia também:  10 alimentos para manter o seu ponto de vista saudável

8. É o que você come, cuide daquilo que você colocar em seus pratos

Reserve tempo na cozinha e para a elaboração de pratos saudáveis. Evita a comida rápida e embalada, está cheia de químicos pouco naturais, que te farão subir de peso, que fará com que tenhamos colesterol e outros problemas. Aproveite as frutas, os vegetais, os sucos naturais…

9. Adota um animal

Os animais de estimação nos dão carinho sincero e essa fidelidade tão integral que todos nós devemos saber apreciar.Os animais reduzem o nosso estresse e ótimos companheiros de viagem, para a nossa vida.

Mulher com cão

10. Se ame hoje, amanhã e sempre

Amar a si mesmo não é ser egoísta. É uma necessidade, é um modo de nos proteger para que não nos maltrate, é dizer ao mundo que fazemos parte dele, que nós temos voz e que temos direito a ser felizes. Olhar no espelho e sorri, gosta de como você é e de tudo o que já conseguiu. Você é uma pessoa corajosa que merece ser feliz, que acredita em segundas oportunidades e que vai viver a vida ao máximo.

Para concluir, não hesite nem um minuto em aplicar estas dez chaves para viver melhor. Os resultados são visíveis.

Deixe uma resposta