Uncategorized

10 menus para a intolerância à lactose

Se, depois de tomar um copo de leite para o seu corpo apresenta reações negativas, possivelmente esteja a sofrer de intolerância a lactose. Trata-Se de uma incapacidade que sofre o organismo para digerir alguns dos componentes do leite.

Cólicas, flatulência, diarreia e inchaço são alguns dos sintomas que podem alertarte. Especificamente, a intolerância à lactose ocorre quando o organismonão possui a quantidade necessária de lactase, a enzima que participa de todo o processo de digestão do leite.

Quando a lactose não é absorvida pelo intestino delgado (órgão que realiza a absorção da maioria dos nutrientes) esta chega ao cólon para decompor-se por todas as bactérias intestinais. É nesse preciso momento, quando começam todos os mal-estares.

Iniciar uma alimentação saudável é a solução mais eficaz. Em seguida, dizemos-lhe o que pode comer, e como você pode combinar seus alimentospara evitar esse desconforto.

Se não é leite, o que posso tomar?

A Fundação Espanhola do Coração afirma que os seres humanos podem tolerar-se normalmente entre 100 e 200 ml de leite por dia. Isso corresponde entre 5 e 10 gramas de lactose.

A intolerância à lactose não tem porque te impedir de consumir todos os alimentos que a contenham.

Por outro lado, a organização lembra que a principal fonte de cálcio é o leite. Daí a importância de garantir uma boa ingestão deste nutriente.

Dito isso, se você sofre de intolerância à lactose, você deve saber que existem alimentos alternativos que podem suprir a quantidade de cálcio que seu corpo precisa.

Leia também:  10 lugares mais comuns onde se pratica o sexo e não são em casa — Melhor e com Saúde

A fundação aponta os seguintes:

  • Leite de soja.
  • Legumes.
  • Leite de baixa lactose com a que você pode se preparar ricas molhos, bolos e sobremesas.
  • Frutos secos.
  • Peixes como sardinhas, mexilhões, berbigões, anchova com espinhos, entre outros.
  • Queijos curados ou fermentados.
  • Em última instância, suplementos de cálcio, que serão fornecidos via oral.

Paralelamente, para garantir que o seu organismo melhore a absorção de cálcio, a Fundação Espanhola do Coração insiste em que você evite:

  • Verduras como espinafre e o ruibarbo, já que são uma fonte nutricional que fornece ácido oxálico, substância que dificulta a absorção do cálcio.
  • As bebidas carbonatadas, porque são ricas em fosfato.

10 menus saudáveis para a intolerância à lactose

A Sociedade Andaluza de Nutrição Clínica e Dietética propõe as seguintes combinações de opções sem lactose, para que os ponha em prática durante duas semanas. Em seguida, você pode colocar em prática sua criatividade. Atenção, os acompanhantes de todas as refeições consistem em pão integral e frutas. Dito isto, aqui vamos nós.

Semana 1

1. Segunda-feira

Para começar a semana, o almoço é muito variado e completo.

  • Macarrão integrais com tomate (sem lactose).
  • Linguado ao forno.
  • Vagem refogados.
  • Salada de canónigos, maçã e aipo.

Por outro lado, na última refeição do dia, você pode fazer o seguinte:

  • Lombo de porco grelhado.
  • Purê de batatas.

2. Terça-feira

Neste caso, o almoço é mais reduzido, mas muito nutritivo:

  • Salada de alface, tomate, cenoura e presunto cozido (sem lactose).
  • Lentilhas estofadas com legumes.

Em contrapartida, no jantar irás:

  • Sopa de arroz.
  • Pisto (com tomate natural ou frito sem lactose) com ovo estrelado.

3. Quarta-feira

Já chegamos à metade da semana, e com certeza o seu corpo nota as mudanças. Para o almoço, preparado:

  • Creme de abóbora (caseiros sem produtos lácteos).
  • Pescada ao forno.
  • Batata vendedora ao forno.
Leia também:  10 mitos da alimentação atual, que deve banir

O creme de abóbora é uma boa ação na dieta sem lactose.

Para finalizar o dia, você tem esta opção:

  • Salada de tomate.
  • Abobrinha recheada de tofu.
  • Espinafre refogados.

4. Quinta-feira

Para o segundo prato do dia, você pode ainda deleitar-se com o seguinte:

  • Paella de arroz integral com legumes (cenoura, feijão verde e ervilhas).
  • Frango assado.
  • Salada de alface, tomate, milho e espargos.

Por outro lado, terá a última refeição do dia, se você prepara o seguinte:

  • Espetadas de cogumelo, cebola e pimentão.
  • Anchova rebozados.
  • Batatas temperadas com cebola e pimentão.

5. Sexta-feira

Chegámos ao último dia da primeira semana. Nesta ocasião, o seu almoço deve consistir em:

  • Cozido de grão-de-bico e macarrão.
  • Omelete de batatas.
  • Abobrinha frita.

Para o jantar, você terá muitos sabores e cores, se você prepara o seguinte:

  • Salada de alface e tomate.
  • Pizza caseira de atum e azeitonas pretas.

SEMANA 2

6. Segunda-feira

Depois do descanso, o seu almoço nesta semana deve conter os nutrientes necessários:

  • Salada de alface, tomate e frango cozido.
  • Grão-de-bico estofados com legumes.

E para fechar a jornada:

  • Menestra (cenouras, alcachofras, feijão verde).
  • Mexidos de batata e ovo.

7. Terça-feira

O seu almoço consiste de três refeições:

  • Creme de cenoura (home, sem produtos lácteos).
  • Almôndegas de vitela em molho.
  • Arroz integral salteado.

No jantar, experimente o seguinte:

  • Sopa de macarrão.
  • Pego no forno.
  • Salada de alface e tomate.

8. Quarta-feira

Para o almoço:

  • Salada de espinafre, maçã e tomate.
  • Cação com batatas em amarelo.

Para finalizar o dia, dois pratos cheios de sabor:

  • Berinjela ao forno com molho de tomate (natural).
  • Croquetes caseiros (sem leite) de pescada.

Berinjelas ao forno recheadas, você pode consumi-las, se você tem intolerância à lactose.

9. Quinta-feira

Já quase termina a semana. O almoço consiste nos seguintes 3 pratos:

  • Cogumelos salteados com cenoura e abobrinha.
  • Panga ao forno.
  • Cogumelos refogados.

Despede-se quinta-feira com a seguinte combinação para o jantar:

  • Salada de cenoura, pepino e tomate.
  • Hambúrguer caseiro de frango.
  • Arroz integral salteado.
Leia também:  10 dados sobre os seios — o Melhor com Saúde

10. Sexta-feira

Para o almoço:

  • Feijão com legumes.
  • Omelete.
  • Salada de alface, tomate e milho.

Finalmente, para a sua ceia com esta combinação:

  • Sopa de legumes (alho francês, couve-flor e cenoura).
  • Dourada no forno.
  • Batata assada.

Conclusão

Não temas e enfrenta com a melhor disposição deste desafio. Com os menus anteriores, você pode ver que sofrer de intolerância a lactosenão é um impedimento para comer saudável e rico. Agora, não se esqueça de consultar com um especialista em nutrição. Assim você receberá as melhores dicas para lidar com essa condição.

A intolerância à lactose, uma luta contra a própria genéticaA intolerância à lactose, uma luta contra a própria genéticaDescubre mais sobre a intolerância a lactose e por que se considera toda uma luta contra a própria genética. Além disso, contamos-lhe mais do que o diagnóstico. Ler mais “

Deixe uma resposta