Uncategorized

10 motivos pelos quais você pode estar caindo o cabelo — se Melhor com Saúde

O cabelo atravessa várias fases desde que nasce: vai crescendo, absorve nutrientes e cai para dar lugar ao crescimento de cabelo novo. É normal perder até 100 fios por dia devido a este processo; o que é considerado um problema é a perda excessiva que diminui de forma notória o volume do cabelo.

Aqueles que sofrem podem notar uma grande quantidade de cabelos ao usar escovas para pentear, toalhas e muitos outros elementos que fazem contato com estes.

De fato, quando se torna grave, vão ficando uns patches notórios no couro cabeludo, os quais, ao serem mal vistos esteticamente, afetam a auto-estima.

Atualmente existem muitos tratamentos cosméticos que podem contrariar esta situação; não obstante, é fundamental saber qual é a sua causa para controlá-lo de forma eficaz.

A queda de cabelo excessiva ocorre quando os folículos capilares e os fios sofrem qualquer tipo de alteração. Isso, por sua vez, pode ser causado por um ou vários fatores.

1. Exposição prolongada ao estresse

muito-stress

A exposição ao estresse por períodos prolongados, é uma das possíveis causas da queda excessiva de cabelo. Isso se deve ao aumento na produção de cortisol, um hormônio que influencia de forma negativa na saúde capilar.

2. Consumo de alguns medicamentos

Existem muitos medicamentos que têm como efeito colateral a perda excessiva de cabelo. O seu consumo prolongado enfraquece os folículos capilares:

  • Medicamentos de quimioterapia
  • Medicamentos para a pressão arterial
  • Medicamentos para a doença de parkinson e acidentes cardiovasculares
Leia também:  10 mandamentos para manter a visão saudável — o Melhor com Saúde

3. Deficiência de ferro

deficiência-ferro

A anemia por deficiência de ferro é a principal causa da queda do cabelo. Os baixos níveis deste nutriente no sangue impede que as células capilares se oxigenen de forma adequada, o que produz um enfraquecimento.

4. Excesso de gordura

Para que o cabelo esteja saudável e forte, é fundamental que haja um equilíbrio na sua produção de óleos naturais. Se as glândulas sebáceas produzem gordura em excesso, podem causar muitos problemas.

O acúmulo de sebo nos folículos capilares produz um bloqueio que impede a passagem correta do oxigênio e dos nutrientes. Além disso, em muitas ocasiões, é o desencadeador da caspa.

5. Infecções no couro cabeludo

infeccion-couro-cabeludo

O couro cabeludo é uma das áreas mais delicadas da pele. Quando não se dá um tratamento adequado, aumentam as chances de sofrer infecções por fungos e bactérias.

Estas doenças não só impactam de forma negativa na saúde dos fios capilares, mas que desencadeiam alergias, descamaciones e outros incômodos sintomas na área.

6. Consumo de álcool e tabaco

As toxinas que contêm o álcool e o cigarro produzem uma redução no fluxo sanguíneo para os folículos capilares. Seu consumo recorrente aumenta o dano celular e aumenta a tendência a sofrer queda excessiva.

7. Presença de uma doença

unhappy woman suffering from throat pain at home

Há muitas doenças crônicas que têm como sintoma a queda do cabelo. Seja porque enfraquecem o sistema imunitário ou porque impedem uma correta absorção de nutrientes, estas produzem um enfraquecimento capilar. As mais comuns são:

  • Doenças da tiróide
  • Lúpus
  • Sífilis
  • Câncer
  • Doenças auto-imunes

8. Alopecia androgênica

A origem da perda de cabelo também pode ser hereditária. Este problema, conhecido como alopecia androgênica, produz uma redução do tamanho do folículo capilar, devido ao aumento dos hormônios masculinos, e a predisposição genética.

Leia também:  10 pessoas de sucesso que não se deixaram afundar por falha — se Melhor com Saúde

9. Alopecia areata

alopecia

Não há uma causa exata para explicar a alopecia areata. No entanto, o seu desenvolvimento é comum em pessoas que vivenciaram algum tipo de doença auto-imune.

Os pacientes perdem o cabelo em uma área localizada do corpo, quase sempre em áreas pequenas e redondas. Afeta homens e mulheres de qualquer idade, mas é mais comum em crianças e adolescentes.

10. Alterações hormonais

A perda do cabelo por mudanças hormonais é mais comum em mulheres. Esta costuma ocorrer depois de atravessar uma gravidez ou antes e durante a menopausa.

É um tipo de queda temporária que costuma parar conforme se equilibra a atividade hormonal. Também afeta aquelas que tomam contraceptivos ou que se submetem à terapia hormonal.

Você acha que qualquer um desses fatores é a causa do seu problema? Se você notar que seu cabelo está cada vez mais fraco e cai em excesso, consulta ao médico.

Deixe uma resposta