Treinos

Caminhada ou Corrida Qual Devo Escolher?

No momento de optar por uma atividade efetiva para ficar em forma, sempre está o eterno dilema na hora de escolher entre correr ou caminhar. Por isso, hoje vamos expor alguns dados para que você possa optar pela alternativa mais apropriada.

 

Condição Previa

Antes de detalhar as diferenças entre correr e caminhar, é importante ter em conta a condição previa e o estado físico de cada pessoa, pois não vai ser a mesma coisa correr para uma pessoa fisicamente ativa que para uma pessoa totalmente sedentária.

Então é fundamental prestar atenção especial neste ponto e avaliar, não apenas o nível de atividade física prévio a começar a correr ou caminhar, senão também, se sofremos de alguma lesão, de alguma doença, de excesso de peso ou alguma outra condição que possa influenciar na decisão a tomar.

Mesmo assim, é importante também ter em conta qual é o objetivo que queremos alcançar, o que pretendemos alcançar com a atividade física, pois talvez se o que você busca é ficar em forma, caminhar pode ser mais eficiente do que correr, enquanto se o que você quer é queimar calorias, correr pode ser mais eficiente do que caminhar.

Então, logo de analisadas as condições previas, devemos ter em conta as diferenças entre correr e caminhar para poder decidir qual é a alternativa mais apropriada para cada um de nós.

Correr ou caminhar?

Correr e caminhar são as alternativas mais simples para começar a ficar em forma, já o que apenas precisamos é de motivação e um par de tênis apropriados. Mesmo assim, está claro que, mesmo que sejam atividade que podem ser realizadas em qualquer lugar e horário sem a necessidade de uma aparelham especial que tenha um custo considerável, entre correr e caminhar há várias diferenças.

Leia também:  Como Emagrecer as Pernas (Garantido)

Pra começar, a intensidade das atividades é muito diferente, já que caminhar tem uma intensidade baixa, enquanto que correr pode chegara ter uma intensidade elevada. Este fato revela diferenças no comento de contar calorias queimadas, pois correr claramente queima mais calorias que caminhar.

E, se falamos de queimar gorduras e não simplesmente calorias, é importante saber que correr a alta intensidade pode não necessariamente significa uma grande queima de gordura como fonte de energia, pois a maior frequência cardíaca e porcentagem de frequência cardíaca máxima, menor o uso de gordura como combustível e maior o uso de glicogênio. A não ser que acabem as reservas de glicogênio, neste caso correr a alta velocidade pode significar maior gasto calórico, mas menor uso de gorduras.

Mesmo assim, correr tem um alto impacto comparado com caminhar, e à medida que aumenta a velocidade, tanto andando como correndo, maior é o impacto sobre as articulações, por isso, si você tem excesso de peso e quer evitar lesões, correr não é aconselhável.

Este maior impacto ao momento de correr é o que determina que usemos a roupa adequada e o tipo de tênis específico para esta atividade, e por outro lado, requer um determinado estado físico prévio para realizar de forma segura e obter os melhores resultados; enquanto todos podemos caminhar, mesmo que seja a passo lento.

Ambas atividades lhe ajudam a estar em forma, e claro, a relaxar a cabeça ajudando a liberar o stress. Apenas deve ter em contra que correr não é sempre a melhor alternativa, senão que dependendo das condições previas, de seus objetivos, e das características de cada atividade, pode ser mais conveniente caminhar do que correr a alta intensidade.

Leia também:  Um Segredo Incrível Para Musculação Masculina

Então você já sabe, analise todos os fatores mencionados anteriormente e poderá resolver o clássico dilema entre correr ou caminhar, optando pela alternativa mais apropriada.

 

Deixe uma resposta